92% dos brasileiros não confiam na urna eletrônica

Notícias Interjato

A Avast revelou após uma pesquisa que 91,84% dos brasileiros não têm confiança na urna eletrônica utilizada durante as eleições. Segundo a pesquisa, a principal preocupação é de que o sistema possa ser violado.

Entre o total de participantes da pesquisa, 94,3% acreditam que vazamentos de dados de candidatos/ou partidos políticos podem impactar a opinião pública e até o resultado eleitoral. A conta sobre para 96,15% quando falamos sobre preocupação com o fato de políticos serem alvos de cibercriminosos.

Vale relembrar que na campanha eleitoral de 2016 realizada nos Estados Unidos, um grande vazamento de dados do Partido Democrata pode ter afetado a campanha de sua candidata, Hillary Clinton, que perdeu a presidência para Donald Trump.

Outros números da pesquisa são os seguintes:
93,54% afirmaram que vão às urnas neste ano
79,42% têm grande interesse nas questões políticas do país
55,37% já sabem em quais candidatos vão votar
44,63% devem decidir apenas mais perto da eleição
10,54% não se manifestaram a respeito
10,03% não estão interessados no assunto

Faz tempo que o TecMundo bate na tecla da segurança das urnas — uma pauta que, infelizmente, foi cooptada por ideologias políticas. Como você pode conferir em algumas reportagens nossas (aqui, aqui e aqui), diversos tipos de vulnerabilidades foram encontradas nas urnas. O TSE, em nota, afirma que corrige todas as brechas descobertas por pesquisadores independentes. O problema disso é o tempo: os pesquisadores não possuem tempo suficiente para elaborarem os possíveis ataques em sua completude.

Fonte: TecMundo.