Criptomoeda do Facebook deve ser lançada em 2020

Internet

O Facebook anunciou que deverá criar sua própria criptomoeda em 2020, com previsão para ser lançada em 12 países ainda no 1º trimestre do ano que vem. A ideia por trás da moeda, que poderá se chamar GlobalCoin, vem dos planos da empresa para permitir transferência de dinheiro diretamente através de seus aplicativos.

De acordo com a BBC, a rede social tem planos de anunciar oficialmente a criação da moeda digital em setembro, com os primeiros testes sendo realizados ainda em 2019. Com ela, será possível utilizar aplicativos da empresa para realizar pagamentos a outras companhias e transferências entre amigos, mesmo sem conta em banco. Como registra a publicação, é possível que a criptomoeda não seja exclusiva do Facebook, sendo integrada também a WhatsApp, Instagram e Messenger.

Regulamentação

A firma de Mark Zuckerberg ainda está em discussão com órgãos regulatórios como o Tesouro dos Estados Unidos e empresas como a Western Union para tornar sua criptomoeda legal, mas também precisará operar dentro da legislação de outros países, algo que pode atrasar um pouco a expansão do recurso. Segundo informações, a empresa estuda criar uma stablecoin, ou seja, uma moeda mais estável que o bitcoin, e com preço ligado a moedas reais, como o dólar e o euro.

Os testes da GlobalCoin ainda tratarão de questões operacionais na forma como a criptomoeda poderá ser convertida em dinheiro de maneira rápida e barata, além de o Facebook estar em contato com empresas de comércio eletrônico para que a moeda seja aceita em compras pela internet.

Fonte: TecMundo.