Hackers roubam US$ 27 milhões em bitcoin falsificando site de exchange

Internet

Uma quadrilha especializada em crimes virtuais roubou o equivalente a US$ 27 milhões em criptomoedas na Europa. O grupo de seis criminosos aplicou um golpe relativamente antigo na internet, que consiste em criar um endereço de site parecido com o endereço de outro site legítimo e falsificar sua página inicial ou tela de login, de modo que os usuários do portal verdadeiro sejam atraídos para o falso e entrem com seus dados, repassando aos bandidos informações como email e senha.

A partir daí os criminosos podem acessar o site original e agir como se fossem os usuários. Neste caso, a página clonada foi a de uma exchange. De posse do login e senha dos usuários, os bandidos puderam “limpar” suas contas, transferindo suas quantias em criptomoedas para suas próprias carteiras.

Até agora, foram identificadas mais de 4 mil vítimas em 12 países, mas é possível que esse número seja muito maior, assim como o valor final desviado.

Na última terça-feira (25), a quadrilha (cinco homens e uma mulher), foi presa por agentes holandeses e britânicos da Europol, dando fim a uma investigação que durou 14 meses. Eles foram capturados em suas casas, em Amsterdã, Roterdã e Inglaterra.

Infelizmente, a Europol não divulgou o nome da exchange que sofreu o prejuízo.

Cada vez mais comum

Recentemente, outro golpe aplicado na venda de tokens falsos usou uma tática semelhante: os criminosos criaram o site Calìbra.com esperando que usuários desatentos chegassem nele ao tentar acessar o Calibra.com, que é o site do projeto da moeda digital do Facebook.

Fonte: TecMundo.